Mercado chinês deve continuar crescendo, mas de forma mais lenta

postado em 23 de nov de 2009 08:27 por veiculos phenom   [ 23 de nov de 2009 08:29 atualizado‎(s)‎ ]

As vendas de automóveis na China não podem continuar crescendo à taxas entre 50% e 100% ao ano, segundo a opinião majoritária dos executivos presentes na abertura do Auto Show Guangzhou. 

A General Motors espera que suas vendas cresçam 50% na China este ano. De janeiro a novembro, a GM vendeu 1,5 milhão de carros na China e deve fechar o ano entre 1,6 milhões e 1,7 milhões de unidades vendidas. Para 2010 a expectativa da GM é de um crescimento entre 10% e 15%, o que deve ser o suficiente para a GM vender 2 milhões de carros, tornando-se o maior mercado da GM no mundo.

A Toyota também espera uma desaceleração no crescimento chinês, com um crescimento em torno de 17% frente à 2009. A Toyota deverá finalizar o ano com algo como 700.000 veículos vendidos na China.

A Volkswagen, por sua vez, apresentou metas ambiciosas: pretende duplicar o volume de vendas até 2018. Atualmente a VW vende 2 milhões de carros por ano na China.

A Mercedes-Benz comercializa atualmente 65.000 automóveis por ano na China,  espera que este mercado ultrapasse o Reino Unido como seu terceiro maior mercado já no próximo ano. 

Fonte: ChinaDaily
Comments