Comprando carro usado - aspectos a serem observados

postado em 8 de nov de 2009 15:14 por Veiculos Phenom   [ 22 de nov de 2009 23:58 atualizado‎(s)‎ ]
A opção pela compra por veículos usados ou semi-novos é, em geral, uma excelente opção do ponto de vista financeiro, pois os preços dos veículos usados e semi-novos são bem inferiores aos similares zero km, e, caso se adquira um veículo usado ou semi-novo em ordem e em boas condições, não haverá diferenças em termos de benefício quando comparado aos novos.

Um veículo 0KM chega a desvalorizar 30% no primeiro ano de uso. Sendo assim, em um carro de R$ 50.000,00, a opção por um semi-novo pode representar uma economia de R$ 15.000,00. Além disso, carros semi-novos e usados já estão com o IPVA pago e com as taxas de licenciamento e emplacamento quitadas, o que representa vantagens adicionais. 

Compra de usados: revendedores ou particular?

A compra de veículos usados de revendedores tem algumas vantagens em relação à compra direta de particulares. Em primeiro lugar, um revendedor de veículos usados e semi-novos está obrigado, por lei, a dar garantia de motor e câmbio
por um período mínimo de três meses. Já os veículos adquiridos de particulares não contam com essa garantia legal.

Além disso, a compra de um veículo usado de um revendedor dá ao consumidor todas as proteções previstas no Código de Defesa do Consumidor.

Facilidade de financiamento e trocas

Em geral, revendas de veículos já dispõem de parcerias com financeiras e bancos, facilitando em muito o trâmite burocrático da obtenção do financiamento - as revendas dispõem de equipes especializada para fazerem todo o serviço para o cliente. E, não menos importante, as lojas de automóveis frequentemente aceitam carros em troca, o que facilita sobremaneira o processo de aquisição do novo automóvel.

Cuidados na compra de usados

Comprar um carro usado, apesar das vantagens do ponto de vista financeiro, e das garantias legais (no caso de compra de revendedores), exige cuidado. A seguir, iremos relacionar algumas dicas importantes para a avaliação de um veículo usado.

Em primeiro lugar: caso não tenha familiaridade com aspectos técnicos dos carros, é extremamente recomendável contar com a ajuda de mecânicos e funileiros de sua confiança, para atestar a qualidade do veículo.

Alguns detalhes, porém,  o próprio comprador pode avaliar, seguindo algumas recomendações:

Não fechar negócio sem ver o veículo à luz do dia. A iluminação natural permite verificar imperfeições na pintura e nos alinhamentos das portas e faróis.

Use um imã enrolado em um pano para saber se a pintura recebeu massa. Caso haja massa, o imã não sofre atração e o imã se descola.

Observe se existem bolhas na pintura, pois são sinais de existência de ferrugem. Os locais mais comuns dessas bolhas são caneletas, bordas das tampas do motor, porta-malas, pára-lamas e próximos às borrachas de vedação.

Verifique o alinhamento (se o vão entre a porta e a carroceria é de uma espessura constante) e também observe se existem pontos de ferrugem. Atenção: portas desalinhadas e ondulações no teto do carro são indícios de que o veículo sofreu alguma colisão.

Abra o capô do motor e verifique:

  • correias e se existem vazamentos de água ou óleo;
  • ventoinha e os líquidos de arrefecimento;
  • fluido de freios;
  • radiador: verifique se existem  - neste caso verifique se as mangueiras estão ressecadas, rachadas ou quebradoas, o que indica necessidade de troca. O radiador não pode estar massado e  tampouco remendado (o que indicaria indícios de colização);
  • número do chassi: verifique se os números e letras que compõe a numeração do chassi estão alinhados. A gravação do número de chassi no processo de produção é feito por meio de máquinas,  então os números devem estar perfeitamente alinhados. Atenção: o número de chassi é gravado no cofre do motor (quando se abre o capô do veículo, o número do chassi fica na direção da vista direta, portanto, se estiver gravado em outro local, é sinal que foi remarcado). Outro aspecto a se observar é que o número de chassi gravado no compartimento do motor tem que ser exatamente o mesmo daquele gravado nos vidros.

Documentação

Consulte o RENAVAM e verifique a existência de multas.

Visite nosso portal de reportagens sobre automóveis: www.phenomveiculos.com.br/noticias
Comments