GM transfere para estatal chinesa o controle acionário de sua operação na China

postado em 4 de dez de 2009 10:06 por veiculos phenom   [ 4 de dez de 2009 10:36 atualizado‎(s)‎ ]

A principal operação da GM na China era sua joint-venture que ela mantinha com a SAIC - Shanghai Automotive Industry Corp -, na qual a gigante americana detinha 50% do capital, e a SAIC, que é de propriedade do governo chinês, os outros 50% (a China proíbe que empresas estrageiras detenham mais de 50% do capital de empresas automobilísticas estabelecidas em seu território). 

Entretanto, hoje, a GM anunciou a venda de 1% de sua participação no negócio por US$ 85 milhões de dólares, fazendo com que a SAIC detenha agora 51% da principal operação da GM na China, sendo que a GM Coportation dos EUA permanecerá com 49%, tornando o controle da empresa, agora, completamente chinês.

A GM também irá vender para a SAIC 50% de sua operação na Índia, pela qual a SAIC pagará algo entre US$ 300 e US$350 milhões de dólares. As duas operações irão render à GM uma entrada de capital de aproximadamente US$ 400 milhões de dólares, recursos necessários para reestruturar as operações na América do Norte e Europa, e promover ampliações. 

Ainda não estão claros os impactos dessas transações na operação brasileira, mas que haverão, não há dúvidas, tendo em vista que a Chevrolet do Brasil é subordinada à operação chinesa da GM.  

Fonte: The New York Times

Comments