Mercado de usados e crédito

postado em 18 de out de 2009 18:51 por Veiculos Phenom   [ 18 de nov de 2009 18:39 atualizado‎(s)‎ ]
Os gráficos abaixo mostram a correlação entre a disponibilidade de crédito para o mercado de veículos usados, o total de negócios de veículos usados no Estado de São Paulo e o percentual de veículos populares. O período avaliado compreende o intervalo entre janeiro de 2008 e setembro de 2009.

Pode-se verificar que o ano de 2008 apresentou melhora contínua do mercado de veículos usados, até o mês de setembro/2008, momento no qual tivemos a crise financeira mundial que provocou uma escassez de crédito, e, consequentemente, a queda nos negócios com veículos usados. Em setembro de 2008 verificou-se quase 190.000 negócios com veículos usados em São Paulo, sendo que destes, 82% foram financiados. No mês subsequente - outubro de 2008 - já sob os efeitos da crise, o volume de negócios declinou para 163.000 veículos, sendo que, destes, apenas 49% financiados.

O volume de negócios com veículos usados foi declinando até dezembro/2008, para se estabilizar em um patamar mensal em torno de 135.000 veículos comercializados por mês, volume este que se mantém até o presente momento. Outro aspecto que pode ser verificado é que o nível de crédito para veículos usados ainda não se recuperou e se encontra ainda abaixo do verificado antes de outubro de 2008.

A relativa estabilidade no mercado de veículos usados no ano de 2009 pode ser atribuída, ainda, às medidas governamentais de redução de IPI para veículos 0KM. Entretanto, desde julho de 2009 existe uma tendência de recuperação do volume de negócios - que atingiu quase 139.000 neste setembro/09 - e do crédito, com o índice de veículos financiados atingindo 61%.

Diante desse quadro, pode-se apontar que o mercado de veículos usados irá se recuperar gradativamente até o final do ano de 2009, em função do fim da isenção do IPI para veículos 0KM e da recuperação dos níveis de crédito.

Outro aspecto que se pode verificar nos gráficos é que a participação de veículos populares no mercado de usados varia na proporção inversa do volume de negócios. Ou seja, quando o mercado de usados está aquecido, como foi o caso de agosto e setembro de 2008, a participação de veículos usados é baixa. Porém, quando o mercado entra em retração, os populares voltam a dominar a cena, respondendo por mais de 70% das vendas. A tendência de queda de participação dos populares no mercado de usados é outro indicador que aponta para uma melhora do mercado.
Visite nosso portal de reportagens sobre automóveis: www.phenomveiculos.com.br/noticias

Comments