Valorização dos veículos usados

postado em 17 de out de 2009 20:36 por veiculos phenom   [ 14 de nov de 2009 18:43 atualizado‎(s)‎ ]
O retorno gradual da alíquota do IPI sobre os carros novos deve provocar uma valorização dos veículos usados, afirmam analistas.
Após acumularem uma depreciação de 12% a 15% neste ano, os usados devem ver uma recuperação no preço à medida que os carros zero-quilômetro também comecem a ser reajustados.
"A lógica é essa. Se há um encarecimento dos carros novos, cresce a procura pelos usados. Mas esse não é um movimento imediato e depende das condições de crédito", afirma George Chahade, presidente da Assovesp (Associação de Revendedores de Veículos Automotores do Estado de São Paulo).
De acordo com ele, o crédito no mercado de usados continua seletivo e não se recuperou da crise global.
Em agosto, por exemplo, as vendas de usados em São Paulo cresceram 0,43% em relação a julho, com 135,2 mil negócios realizados. Foi um aumento "muito tímido", afirmou Chahade. "Mas a expectativa é que haja agora algum aquecimento."
Para Chahade, a própria campanha das montadoras que exploraram o fim do IPI reduzido nos últimos meses prejudicou os usados.
De acordo com o consultor automotivo e ex-presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) André Beer, os mercados de carros novos e usados se comportam como uma gangorra. "Quando o de novos está extremamente aquecido, o de usados sofre uma baixa", afirma Beer.
Para ele, as condições são propícias para que a demanda por carros novos continue aquecida, mesmo com a volta do IPI, mas deve haver agora alguma acomodação no mercado.

Visite nosso portal de reportagens sobre automóveis: www.phenomveiculos.com.br/noticias

Fonte: Ministério do Planejamento / Folha de São Paulo


Comments